Política

CRISE NO GOVERNO TEMER

Defesa de Temer desiste de pedir suspensão do inquérito no STF

A defesa de Temer mudou de tática e não irá mais pedir ao STF que suspenda o inquérito contra o presidente. Agora, eles pedem "celeridade" na condução do processo e contrataram uma perícia particular para averiguar o áudio de Joesley Batista.

segunda-feira 22 de maio| Edição do dia

A perícia feita pela defesa de Temer foi anexada ao processo e afirma que existem 70 pontos de "obscuridade" na gravação.

Gustavo Guedes, advogado de Temer, se reuniu com o Ministro do STF, Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, por poucos minutos nessa segunda-feira, 22. Ele estava acompanhado por Gustavo Rocha, Subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil. A declaração ao público é de que o presidente quer o assunto "resolvido o mais rápido possível" para "dar uma resposta ao país".

Sobre o áudio apresentado por Joesley, o advogado afirmou que a perícia privada contratada por Temer disse que se trata de uma falsificação: "Pedimos a suspensão pois havia dúvidas sobre a integridade do áudio, de acordo com perícias contratadas pela imprensa. Agora, com o resultado de uma perícia em que realmente confiamos, temos convicção de que este áudio é imprestável. As demais discussões jurídicas vamos fazer oportunamente.”

Fachin encaminhou os áudios para que seja realizada perícia pela Polícia Federal, e hoje enviou ofício à Ministra Carmen Lúcia, presidente do STF, para que o caso seja encaminhado para o plenário do STF apenas após a conclusão da perícia da PF. Carmen Lúcia acatou o pedido.

“À luz dessa determinação (de enviar os áudios à PF) e do novo contexto fático por ela criado, a defesa avalia estar satisfatoriamente atendido seu pleito. A suspensão requerida dizia respeito apenas à necessidade de se priorizar a perícia”, diz a petição feita pela defesa, que considerou seu objetivo atendido pelos encaminhamentos de Fachin.

Contudo, o motivo real mais provável da mudança de tática é que PSDB e DEM estavam condicionando sua saída do governo à decisão do STF de suspender ou não o inquérito, tornando o pedido de suspensão feito pela defesa uma manobra muito arriscada pois poderia colocar todo o frágil apoio que ainda tem Temer a perder.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    STF   /    Política

Comentários

Comentar