Mundo Operário

EM FRENTE AO PIRATINI

Começa o ato contra o escandaloso pacote de demissões e privatizações de Sartori

terça-feira 22 de novembro| Edição do dia

Começa na manhã dessa terça-feira (22) o ato contra o escandaloso pacote de demissões e privatizações do governador Sartori (PMDB), anunciado ontem. Ele visa a extinção de nove fundações, demissões em massa, privatização de algumas empresas, entre outras medidas, como desenvolvemos melhor aqui.

O ato se iniciou às 9h e continua durante o dia. Às 13h está marcada uma plenária que pretende reunir trabalhadores e sindicatos das diversas fundações e empresas que serão afetadas com o pacotão.

Durante o período da manhã começaram a chegar dezenas de pessoas de distintos locais. Os trabalhadores da CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica) estavam em um número considerável - o sindicato foi até a empresa convocar os trabalhadores para o ato.

Sindicatos e associações estavam presentes, como os da Coreg, TVE, FEE, Sintergs, CRM, Semapi, Assufrgs, CUT, entre outros. Estudantes que ocupam a UFRGS também estavam presentes em apoio à luta contra o pacotão de Sartori.




Tópicos relacionados

Sartori   /    Luta contra os ajustes   /    Porto Alegre   /    crise econômica   /    Crise gaúcha   /    Ajustes Fiscais   /    Pacote de ajustes   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar