Mundo Operário

Polícia reprime ato na Zona Oeste de SP em meio à greve geral

sexta-feira 28 de abril de 2017| Edição do dia

A polícia de Alckmin está se preparando para reprimir a manifestação de trabalhadores da USP e região oeste de São Paulo. Abaixo a repressão!

A manifestação, organizada pelos trabalhadores e estudantes da USP e o Comitê da Zona Oeste saiu do portão principal da universidade e seguiu pela Rua Alvarenga e a Vital Brasil até o ponto onde se cruzam vias de grande movimento: a Avenida Francisco Morato, a Vital Brasil, as pontes Eusébio Matos e Bernardo Goldfarb e o acesso à Marginal Pinheiros.

A polícia de Alckmin reprimiu a manifestação com grande brutalidade, utilizando não apenas suas "tradicionais" bombas e balas de borracha, mas também os veículos blindados que foram comprados por Alckmin por milhões de reais.




Tópicos relacionados

#28A   /    São Paulo (capital)   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar