Educação

PRIMAVERA SECUNDARISTA NO PARANÁ

300 escolas ocupadas no Paraná!

quinta-feira 13 de outubro| Edição do dia

1 / 3

Na primavera secundarista em SP no ano passado, foram 213 escolas ocupadas e diversas manifestações, em 10 dias, os secundaristas paranaenses ocuparam 300 escolas e realizaram dezenas de atos locais, e um grande ato unificado na capital paranaense...o qual reuniu entre 5 e 7 mil pessoas.

Mas a grande mídia nada fala sobre o assunto, a local tão pouco, e quando fala não é nada positivo. Com frases de efeito marcantes como "já são 100 mil alunos sem aulas" ou então "os estudantes não deixaram a mídia acompanhar a ocupação". Mas o movimento só cresce.

O mais interessante é a autonomia das ocupações e a horizontalidade, verdadeiras comunas estudantis estão se formando e debatendo temas como o sistema capitalista, o neoliberalismo, a importância da educação pública de qualidade, o fascismo, o conservadorismo, filosofia, artes, sociologia e muitos outros temas. Os secundaristas paranaenses, assim como os de SP, inspiram.

Revitalização de escolas, organização impecável, autogestão, democracia plena. E o movimento já colhe frutos desse amadurecimento político, diversos grêmios estudantis criados e dando mais força ao movimento estudantil autônomo, universidades inspiradas pelos secundas debatendo o assunto e sendo ocupadas, greve dos professores e funcionários decretada (a partir do dia 17/10).

JPEG

JPEG - 35.6 KB
JPEG - 42 KB

Diversos pedidos de reintegração de posse foram feitos pela SEED do Alckimin paranaense, muitos negados, alguns aceitos. Coletivos de advogados progressistas estão de prontidão para atuar em possíveis reintegrações de posses, mas os secundas garantem HAVERÁ RESISTÊNCIA, E SE DESOCUPAR, OCUPA DE NOVO DEPOIS.

O maior medo em Curitiba é em relação as eleições burguesas do segundo turno, marcada para dia 30/10, onde há de se escolher entre o aliado do governador que massacrou os professores ou o aliado do governador que massacrou os professores...uma moeda de duas caras, onde muda somente o nome. Mas a resposta é a mesma, se depender dos secundas curitibanos, NÃO VAI TER ELEIÇÃO.

O movimento cresce a cada hora, novas escolas ocupadas, mais apoio sendo dado, novas categorias entrando em greve, agora é somar para conquistar. Um grande ato foi chamado para dia 21 as 18:30h na praça 19 de dezembro (praça da mulher nua) no centro da capital paranaense, onde todos aqueles que se opõem ao retrocesso prometem PARAR A CIDADE!! O evento chamado a poucos dias, já conta com mais de 20 mil convidados e 6 mil interessados!

Confira a lista das escolas ocupadas até o momento

#OCUPATUDO
#OCUPAPARANÁ

FORA TEMER!
FORA RICHA!




Tópicos relacionados

Ocupação Secundarista Paraná   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar