Política

RIO DE JANEIRO

Witzel e Flávio Bolsonaro vão a Israel comprar drones para matar pobres e negros

sexta-feira 2 de novembro| Edição do dia

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel anunciou que deve viajar em breve para Israel junto do Senador eleito, Flávio Bolsonaro. Vão para o país que mantem uma selvagem e assassina política contra o povo palestino para comprar "drones snipers" e para comprar serviços de treinamento de assassinos pagos pelo Estado. Para o Estado de Israel é um ótimo, lucrativo e sangrento negócio.

Jornais cariocas noticiaram a visita a Israel para compra de drones que são utilizados para matar palestinos. Em entrevista à jornalista da Globo, Miriam Leitão, que foi ao ar na Globo News de quinta-feira, Witzel também anunciou que irá comprar serviços de treinamentos de snipers para "mirar e atirar na cabecinha" como falou com um sorriso para o jornal Estado de São Paulo.

A política assassina e racista de Witzel, colocará sob mira os pobres e negros - que são sempre os "suspeitos a serem eliminados" pelas polícias, e será imensamente lucrativa a Israel, além de poder aperfeiçoar suas tecnologias testando em carne negra e sul-americana, e não somente palestina. Esse negócio reacionário além de colocar pobres brasileiros em risco levará centenas de milhões de dólares em serviços e equipamentos para um país que persegue as minorias arábes, ocupa território palestino e pratica um verdadeiro apartheid.

Esta decisão de Witzel ocorre ao mesmo tempo que Bolsonaro já declarou ter se reunido duas vezes com o embaixador de Israel, concedeu longa entrevista ao jornal direitista Hayom e anunciou a mudança da embaixada brasileira para o território ocupado de Jerusalém, gerando repúdio dos palestinos e de numerosos movimentos democráticos em todo o mundo. Nas mãos da extrema-direita o Brasil será uma peça não somente para experimentar armamentos, matar negros e pobres, como para utilizar a força do maior país do continente para junto de Trump mover à direita toda América Latina.




Tópicos relacionados

Wilson Witzel   /    Estado de Israel   /    Israel   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar