Internacional

GUERRA COMERCIAL

Trump vai remover TikTok das lojas de app dos EUA neste domingo

A medida é aprovada no marco das disputas entre as potências americana e chinesa poucas semanas antes das eleições presidenciais dos Estados Unidos.

sexta-feira 18 de setembro| Edição do dia

Os aplicativos chineses TikTok e WeChat serão proibidos nos EUA a partir deste domingo, segundo informou o Departamento do Comércio nesta quarta-feira, alegando supostas ameaças à “segurança nacional”.

Por meio de um comunicado, o departamento estadunidense afirmou que “o Partido Comunista Chinês tem demonstrado que possui os meios e a intenção de utilizar esses apps para ameaçar a segurança nacional, a política exterior e a economia dos Estados Unidos”.

Veja tabém: Trump usou dados dos usuários do Facebook, mas quer banir Tik Tok dos EUA por "espionagem chinesa"

James Lewis, especialista em questões cibernéticas no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais dos EUA afirmou que “essa é a mais intensa campanha de espionagem contra os Estados Unidos desde o governo Reagan. Estamos envolvidos em uma imensa disputa de espionagem – uma guerra de espionagem – com a China”.

No mês passado, Trump falou que o TikTok era uma ameaça de segurança por “potencialmente permitir que a China rastreie a localização de empregados do governo federal... construa dossiês com informações pessoais para chantagem e conduza espionagem empresarial”.

Fica claro que as acusações dos EUA de espionagem por parte da China são parte da estratégia do governo Trump para vencer a disputa em torno da primazia tecnológica com a China em meio a Guerra comercial. O mais irônico é que Trump acusar a China de roubas dados quando o próprio usou o Facebook para vencer as eleições presidenciais dos EUA.




Tópicos relacionados

TikTok   /    Guerra comercial EUA x China   /    Guerra Comercial   /    Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar