Mundo Operário

GREVE EM LONDRINA

Trabalhadores terceirizados que fazem a coleta de lixo em Londrina entram em greve

quarta-feira 4 de outubro| Edição do dia

Depois da demissão de um motorista da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), que alegou que o funcionário dirigia acima do limite de velocidade, os trabalhadores de uma empresa terceirizada de Londrina entraram em greve, do dia 2 de outubro.

Os 16 caminhões que fariam as coletas, interromperam o trabalho no mesmo dia, que ocorreria entre 19 até as 3h 20 min da terça-feira (dia 3). Os trabalhadores do turno da manhã, que compõe 16 caminhões também paralisaram.

Os trabalhadores da companhia Kurica Ambiental afirmaram que só voltarão a trabalhar quando o funcionário for readmitido. A CMTU orientou a Kubrica a voltar em suas atividades imediatamente, que afirmou que irá procurar o sindicato da categoria para abrir diálogo.

A mobilização dos trabalhadores de empresas terceirizadas está mais sujeita a represálias da patronal e, ainda sim, organizaram-se de forma independente e concisa, deixando evidente a sua pauta: a readmissão de outro trabalhador. Todo apoio às greves dos trabalhadores, efetivos e terceirizados.




Tópicos relacionados

Greve   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar