Política

ATAQUE

Temer extingue 60,9 mil cargos públicos federais

Medida assinada por Michel Temer na tarde desta terça elimina 60,9 mil cargos públicos federais que hoje estão vagos e que estarão na próxima gestão administrativa.

terça-feira 9 de janeiro| Edição do dia

Na tarde desta terça-feira (09/01), Michel Temer assinou um decreto que elimina 60,9 mil cargos de servidores públicos federais. A medida atinge cargos que estão vagos ou que ficarão vagos este ano, além de impedir a abertura de novos concursos públicos para determinadas funções. No caso de concursos que estão em andamento, a medida barra qualquer possibilidades de vagas alem das previstas no editais.

A medida assinada por Temer faz parte de um projeto de cortes de cargos já anunciada em agosto de 2017, com a justificativa de reduzir gastos no serviço público, precarizando ainda mais o setor público federal.
Segundo a Assessoria do Palácio do Planalto, o decreto será publicado no Diário Oficial da União nesta quarta (10/01). Temer disse que dará esclarecimento das medidas depois da publicação.

Em meio à mascaras do Governo Temer, de dizer que os cargos que estão sendo eliminados pela nova direção administrativa são cargos obsoletos, serão milhares de servidores que correrão o risco de perder seus empregos, e milhares de vagas de concursos públicos que não serão mais abertas, em mais um ataque de Temer contra os servidores públicos.




Tópicos relacionados

Servidores Públicos   /    Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar