Política

CRISE DOS ESTADOS

Solução de Temer para os estados em crise: entregar as estatais

Servidores e aposentados sem salários. Os estados precisam de socorro. O que Temer propõe? Pagar salários? Nada, vender as estatais.

sexta-feira 30 de dezembro de 2016| Edição do dia

Uma semana atrás a Câmara aprovou o projeto de lei de renegociação das dívidas do estados sem as exigências que Temer, Meirelles e a grande mídia exigiam. Temer deve vetar parcialmente a lei aprovada e, ao invés de negociar caso a caso, pretende enviar nova proposta de lei. Enquanto isso, para socorrer os estado em pior situação, como é o caso do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais ele apresenta novas soluções para dar conta de sua preocupação.

Acha que ele está preocupado com os servidores e aposentados que tem seus salários parcelados e atrasados? Que nada! A exigência para liberar algum dinheiro agora é já oferecer as estatais como garantia dos recursos e exigir que elas sejam privatizadas. Temer também negocia que os governadores o ajudem a aprovar novas leis com suas exigências de ataques aos trabalhadores.

Sua preocupação não é com os servidores e aposentados gaúchos, cariocas e mineiros, é garantir a rápida entrega a "investidores estrangeiros" de empresas tais como o BANRISUL, a CEMIG e a CEDAE.

Saiba mais sobre a crise no Rio Grande do Sul lendo essa matéria e a opinião de Carolina Cacau, colunista do Esquerda Diário, sobre a crise no Rio




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar