Política

Senadores aprovam o impeachment, consumado o golpe institucional

Por ampla maioria os senhores poderosos caciques regionais aprovaram o golpe institucional por 61 votos a 20.

Diana Assunção

São Paulo | @dianaassuncaoED

quarta-feira 31 de agosto| Edição do dia

61 senadores votaram a favor do impeachment e 20 contrários. Não houve nenhuma abstenção ou falta. 61 oligarcas sequestraram o voto popular. Transformaram em lei máxima da Constituição a Lei de Responsabilidade Fiscal, esta imposição do neoliberalismo. Fizeram de um caso de crédito, sem provas o motivo para tirar o voto de milhões. Em caso de escassa constitucionalidade e legalidade. O golpe institucional operado pelo PMDB, PSDB, pelo “partido judiciário” e pela mídia teve objetivo instituir um governo para atacar os direitos dos trabalhadores mais do que o PT já vinha fazendo.

Houve muitas mostras de resistência ao golpe em todos esses meses. Porém o PT atuou sistematicamente para impedir que as lutas avançassem, fazendo dias de mobilização sem reais mobilizações nos locais de trabalho. O golpe proferido hoje contra Dilma tem também como alvo os trabalhadores. Hoje donos do poder escolhem entre eles quem dirige o país. A nós cabe tirar lições para organizar a resistência contra os ataques do governo golpista de Temer, erguer uma voz anticapitalista que não dê trégua à direita raivosa que hoje solta fogos em todo país.




Tópicos relacionados

Golpe institucional   /    Impeachment   /    Política

Comentários

Comentar