Internacional

DONALD TRUMP

Senador acusa Trump de levar os EUA “ao caminho da Terceira Guerra Mundial”

Trata-se de Bob Corker, um ex-aliado do presidente. As declarações realizadas ao jornal New York Times se referem ao conflito com a Coreia do Norte e o acordo com o Irã.

segunda-feira 16 de outubro| Edição do dia

O senador republicano Bob Corker acusou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de colocar a nação “no caminho para a Terceira Guerra Munial”, em uma entrevista para o New York Times na última semana.


Senador Bob Corker

Anteriormente, Trump culpou seu ex-aliado político pelo acordo nuclear com o Irã em uma série de comentários a respeito no Twitter que provocaram uma dura resposta de Corker, que preside a influente Comissão de Relações Exteriores no Senado.

Na entrevista Corker disse que estava alarmado com um mandatário que atua “como se estivesse fazendo ‘O Aprendiz’ ou algo assim”, fazendo referência ao reality show de Trump. “Me preocupa. Deveria inquietar qualquer um que se preocupe com a nossa nação”, disse o senador, que anunciou sua aposentadoria no mês passado.

Corker rechaçou a ideia de que Trump poderia estar usando comentários provocativos sobre a Coreia do Norte para avançar nas negociações encabeçadas pelo secretário de Estado Rex Tillerson ao representar o “policial ruim” frente à encenação do “policial bom” do seu principal diplomata.

"Sei que causou dano, em vários casos. Ele nos causou dano em respeito às negociações que estão ocorrendo ao twittar coisas”, declarou Corker ao jornal. “Muita gente pensa que existe algum tipo de prática de ‘policial bom, policial ruim’, mas isso não é verdade”, adicionou.

Corker foi assessor de segurança nacional de Trump durante a campanha presidencial de 2016 e se encontrava na lista de favoritos de Trump tanto para os cargos de vice-presidente quanto para Secretário de Estado. Mas a relação de ambos se deteriorou consideravelmente.

"O Senador Bob Corker ‘me implorou’ que o respaldasse para a reeleição em Tennessee. Disse ‘NÃO’ e ele se retirou (disse que não poderia ganhar sem o meu respaldo)” twittou Trump. “Também queria ser Secretário do Estado, eu disse ‘NÃO OBRIGADO”. “Ele também é em grande medida responsável pelo terrível acordo com o Irã!”, adicionou.

"Por isso, espero que Corker seja uma voz negativa e torne-se um obstáculo da nossa grande agenda. Não teve as tripas para se candidatar!”, adicionou Trump. Uma hora mais tarde Corker respondeu no Twitter: “É uma pena que a Casa Branca tenha se transformado em uma creche para adultos”.

Tradução: Marie Castañeda




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar