Opinião

TRUCULÊNCIA DA POLÍCIA

Repudiamos a detenção da vereadora do PT, Juliana Cardoso

De acordo com a assessoria da vereadora petista, os PMs abordaram o carro de Juliana com armas em punho e, mesmo após a parlamentar ter se identificado, os agentes fizeram ela se apoiar nas paredes com as mãos na cabeça. Veja vídeo da abordagem truculenta da PM paulista.

sexta-feira 11 de outubro| Edição do dia

Imagem: Rede Brasil Atual

Juliana e os familiares de Preta e Sidney ficaram detidos por mais de uma hora na Rua Jaceguaí, região central da capital paulista, cercados por seis viaturas da PM. Ela foi liberada em seguida. Veja vídeo da abordagem divulgado pela Revista Fórum:

“Eu fui informada depois que eles já estavam atentos a placa do carro de uma das irmãs da Preta e do Sidney e por isso que houve a abordagem, mas eles não faziam ideia que eu estava no carro junto com eles. Então, você vê que foi uma abordagem direcionada. Mais uma vez, uma ação truculenta, direcionada, para poder pegar os militantes que são vinculados ao movimento de moradia do centro. É inadmissível a gente ter um estado desse, que tem que ajudar as pessoas a terem segurança, parar, por mais de três horas, seis viaturas para fazer uma ação truculenta”, declarou Juliana.

Juliana acompanhava Preta Ferreira, lutadora presa arbitrariamente. No dia 24 de junho deste ano, após ser acusada de extorsão por 13 testemunhas que não se sabe até agora quem são, Preta Ferreira foi "detida temporariamente". Agora, após mais de 100 dias detida, finalmente recebeu habeas corpus.

As prisões no Brasil são completamente arbitrárias e truculentas, funcionando como via do Estado para encarcerar o povo pobre e negro. Hoje cerca de 38% dos presos, estão presos sem sequer terem sido julgados e condenados. Agora, em meio ao governo Bolsonaro e o autoritarismo judiciário, esse cenário está piorando, os os índices se elevando rapidamente. Repudiamos a truculência e a detenção de Juliana Cardoso sem nenhum tipo de apoio político ao PT. Lutar não é crime!




Tópicos relacionados

Estado Policial   /    Corrupção Policial   /    Prisão   /    PT   /    violência policial   /    Opinião

Comentários

Comentar