CENSURA NA UNICAMP

Reitoria da Unicamp censura estudantes por criticarem Bolsonaro e o golpismo

A Reitoria de Marcelo Knobel mais um vez censurou os estudantes da Faísca ao proibir uma faixa por conter a palavra “Bolsonaro” e golpismo, alegando ainda que tem conteúdo partidário (mesmo argumento do Escola sem Partido). Em absurda censura a Reitoria que se diz da pluraridade de ideias, mas retira faixas e proibe manifestações de ideias, que favorece setores da extrema direita como o Unicamp Livre. Todos ao cartazaço amanhã às 17:30 no PB!

quinta-feira 22 de novembro| Edição do dia

A reitoria da Unicamp censurou a faixa da chapa Katendê - DCE 2019 que continha a seguinte frase: Para enfrentar os ataques de Bolsonaro e do golpismo na educação e na Previdência: um DCE pela base aliado aos trabalhadores. Segundo eles a faixa não poderia conter as palavras Bolsonaro e golpismo, e segundo ela teria conteúdo partidário, mesmo argumento usado pelo Escola sem Partido para colocar uma mordaça na boca de professores e alunos.

A censura da reitoria tem por objetivo calar e coibir o movimento estudantil que se coloca na luta contra os ataques de Bolsonaro e de toda corja do golpismo, como o judiciário. Querem descarregar na gente a reforma trabalhista e a reforma da previdência, para fazer como que trabalhadores e a juventude paguem pela crise. O falso discurso de pluralidade de ideias só serve para fortalecer os setores da extrema direita, que defendem hoje o pagamento de mensalidade nas universidades e inclusive se utilizam do mesmo discurso do Escola sem Partido acerca de conteúdo partidário, para proibir os estudantes de expressarem suas ideias. Essa censura vem na mesma mão que o judiciário mandou a Polícia Federal invadir várias Universidades pelo país, proibindo manifestações e debates políticos durante as eleições manipuladas que marcaram o país.

Chamamos todos os estudantes e também as entidades e as chapas que hoje concorrem ao DCE a construírem com a gente esse cartazaço contra a censura amanhã as 17:30 no PB! https://www.facebook.com/events/351801352241179/

Não vamos aceitar essa censura, que vem em um momento de fortalecimento do Judiciário, das forças armadas, e da extrema-direita que quer massacrar os trabalhadores e a juventude. O movimento estudantil pode colocar medo nos grandes governantes, mas para isso é preciso retomar suas entidades para usa-las de ferramenta de luta que façam massas de estudantes se mobilizarem contra os ataques de Bolsonaro se aliando aos trabalhadores.




Tópicos relacionados

Reitoria   /    DCE Unicamp   /    Censura   /    Unicamp

Comentários

Comentar