Educação

ESCOLA SEM MORDAÇA

Professores se mobilizam em ato contra o Escola Sem Partido na Câmara Municipal de Niterói

segunda-feira 29 de maio| Edição do dia

Professores, estudantes e pais se mobilizam em manifestação hoje em Niterói contra o projeto Escola sem Partido. A manifestação chamada "Escola sem Mordaça", está convocada para a Câmara Municipal de Niterói, aonde será realizada uma audiência pública sobre o projeto Escola sem Partido, convocada pelo vereador Carlos Jordy (PSC), tendo Flávio Bolsonaro (PSC) como debatedor.

A audiência pública ocorre uma semana após uma professora ser assediada nas redes sociais pelo reacionário vereador Carlos Jordy que também é presidente da comissão de educação que incita estudantes menores de idade a gravarem seus professores dando aula. É inadmissível que o presidente da comissão de educação use este espaço para mais um ataque contra os professores.

O evento também conta apenas com convidados debatedores à favor do Projeto Escola Sem Partido, como não poderia deixar de ser, por serem autoritários e aceitarem apenas uma forma de pensamento: a de que a escola deve formar mão-de-obra precarizada, não deve debater questões de gênero, sexualidade, nem a história do racismo no país, e muito menos a luta e a organização dos trabalhadores na sociedade de exploração capitalista em que vivemos.




Tópicos relacionados

Escola sem partido   /    Educação   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar