Sociedade

Prefeitura de São Caetano quer PDV para reduzir funcionários e precarizar o trabalho

Como se não bastasse todos os ataques aos trabalhadores no ultimo período agora a prefeitura de São Caetano planeja um PDV (Plano de demissão voluntária) para diminuir o quadro de servidores públicos na cidade.

segunda-feira 16 de julho| Edição do dia

Foto: Revista Movimento

O funcionalismo público que não tem aumento salarial desde 2016 teve aprovado esse ano um ajuste de 2%, o que significa menos de 30 reais no salário, durante esse mesmo período teve seu convenio cortado que voltou esse ano com valores bem acima dos pagos anteriormente. Para além disso agora a prefeitura almeja com o PDV diminuir a folha de pagamento que hoje representa 49% da receita da prefeitura.

Num cenário histórico de desemprego e carestia de vida o sindicato dos servidores de São Caetano, sindiserv, diz que é preciso incentivar os funcionários para que tomem a decisão de pedir desligamento da prefeitura. O mesmo sindicato que durantes dois anos esteve calado, enquanto os funcionários estavam sem convenio e sem aumento, agora se mobiliza para que os trabalhadores solicitem demissão.

O PDV bem longe de trazer melhorias, se apoia na ilusão de que tem trabalhador querendo pedir as contas. Como se a situação nacional estive propicia a mais desempregos, como se fosse simples arrumar outro emprego, como se a reforma trabalhista já não atacasse diversos setores da sociedade. Essa é mais uma manobra da prefeitura em acordo com o sindicato para diminuir o quadro de funcionários públicos e supri-los com trabalhos terceirizados e estágios, como já vem acontecendo em diversos setores públicos em São Caetano.




Tópicos relacionados

PDV   /    Sociedade   /    ABC paulista

Comentários

Comentar