Política

PEZÃO ATACA A EDUCAÇÃO

Pezão cria lei para fazer estudantes irem à escola de bicicleta e cortar o passe livre

sexta-feira 6 de outubro| Edição do dia

O governo Pezão editou ontem uma lei para fazer os estudantes do ensino público da rede estadual irem de bicicleta à escola, e assim economizar com o passe livre estudantil (o Riocard). A lei nº. 7707 estipula que os estudantes que forem à escola três à quatro vezes por semana de bicicleta, receberão uma pontuação bônus em "atividades extracurriculares".

De autoria do "suposto ambientalista" Carlos Minc, esta lei é mais um ataque de Pezão e da Alerj contra a educação e os estudantes. Para garantir os lucros dos empresários do transporte, e ao oficializar que o governo do estado não vai mais pagar os passe livre estudantil dos estudantes, Pezão quer fazer com que os estudantes arrisquem suas vidas no trânsito caótico da cidade do Rio de Janeiro.

Pezão já cortou em diversos momentos o Riocard dos estudantes, esta lei ele pretende usar agora para dizer que tudo isso foi parte de sua formação pedagógica. Já os deputados irem de bicicleta até a Alerj, e recebendo o mesmo salário de uma professora, isso já é um poco difícil de se ver publicado no Diário Oficial...

Como grande parte da rede pública estadual não tem estrutura para oferecer atividades extracurriculares adequadas, esta lei acabará sendo uma imposição para grande parte das escolas como parte do "complemento" de seu currículo pedagógico. Mais uma demonstração também, de como a Secretaria de Estado da Educação e suas regionais metropolitanas não têm nenhum compromisso com a formação dos estudantes e sim com os ataques de Pezão.

Mais uma demonstração de que Pezão quer acabar com o ensino público do Rio de Janeiro com sua política de fechar salas, turmas e até escolas inteiras, cortar terceirizados e encerrar a matrícula de milhares de estudantes só para não pagar o Riocard. Depois de ter proposto que estudantes da UERJ trabalhasse de graça para o estado por anos, agora é a vez de propôr que estudantes do Estado voltem a se locomover

No Rio de Janeiro não há nenhuma ciclovia que não seja circundado a Lagoa, a Praia ou em uma pequena faixa da Zona Sul. Pezão quer que estudantes arrisquem suas vidas em troca de com mais esta medida que transfere o custo das roubalheiras e isenções fiscais aos capitalistas para o bolso do trabalhador e da sua família.




Tópicos relacionados

Luiz Fernando Pezão   /    Rio de Janeiro   /    Política   /    Juventude

Comentários

Comentar