Sociedade

MANIFESTAÇÕES

Manifestações contra a ração de Dória na merenda e censura às artes ocupam a Paulista

quinta-feira 19 de outubro| Edição do dia

Nesta tarde de quinta-feira (19), ocorreram dois atos ao mesmo tempo no Museu de Arte de São Paulo (MASP) localizado na avenida Paulista.

Um dos atos era composto centenas de artistas que se concentraram no museu se manifestando contra a censura e os ataques reacionários contra a arte, se posicionando firmemente contrários ao MBL. Hoje ocorreu a abertura da exposição sobre a história da sexualidade organizada pelo MASP e os artistas entoavam gritos como “não tem arrego quer censurar a arte não vai ter sossego”.

Do outro lado, mães protestavam com seus filhos contra a tentativa de Dória de implementar nas merendas escolares a ração de restos de comida industrializada, para que as empresas garantam seu lucro com seus restos e lixos, em parceria com a prefeitura de São Paulo. Desde agosto, Dória promoveu diversos ataques contra a merenda escolar, como impedir que crianças repetissem a refeição. As mães fizeram um faixa escrito “Por uma merenda digna. Mães e familiares em luta”, ocuparam a Avenida Paulista e bloquearam o trânsito, com palavras como “queremos alimentação de qualidade”.

Veja abaixo fotos das manifestações:


Artistas concentrados no vão do MASP em protesto aos ataques reacionários, principalmente do MBL, à arte.


Cartaz de manifestante escrito "Sem Medo. Sem Censura"


Cartaz contra a censura: "História da sexualidade é a história da humanidade. Conheça sua história."


Mães e crianças na concentração do ato contra a implementação da ração de Dória na merenda escolar


Mães, crianças e familiares ocupando a avenida paulista contra a ração de Dória nas merendas escolares




Tópicos relacionados

Censura   /    Racionamento da merenda   /    João Doria   /    Arte   /    Sociedade   /    Política

Comentários

Comentar