Negr@s

VIOLÊNCIA POLICIAL

Luís Fernando, favelado, negro e assassinado pela Polícia Militar

Nesta quarta-feira Luís Fernando de 25 anos, foi excutado pela polícia militar com sete tiros. A operação da policia resultou na morte de mais um jovem negro de favela, vítima dessa atuação militar assassina que extermina negros todos os dias.

sexta-feira 31 de março de 2017| Edição do dia

Foto: Facebook

A vítima trabalhava de carteira assinada e estava em seu período de férias, para conseguir um dinheiro a mais, decidiu trabalhar no moto táxi da comunidade da formiga. Segundo testemunhas a abordagem da polícia foi disparando tiro contra Luís, inclusive, parentes da vitima filmaram o momento que o jovem estava já sem vida. Moradores da comunidade ficaram indignados com a injustiça e fizeram uma manifestação na Rua Conde de Bonfim na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, mas foram reprimidos pela policia com bombas de efeito moral.

Essa é a realidade de muitos favelados, que todos os dias são vítimas da atuação racista e assassina que é a instituição da polícia militar. Luís Fernando, um jovem sem antecedentes criminais, não reagiu, mas a "abordagem’" genocida da polícia acabou matando mais um negro, mais um para estatística em uma espera eterna por justiça.

Basta dessa farsa de guerra ao tráfico, deixem os favelados em paz, favelado merece respeito e direito a vida!




Tópicos relacionados

Rio de Janeiro   /    Racismo   /    violência policial   /    Rio de Janeiro   /    Negr@s

Comentários

Comentar