CRISE CLIMÁTICA

Já sofrendo com os ataques de Leite, RS pode ser atingido hoje por nuvem de gafanhotos

Segundo a Senasa (Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar) agência do governo Argentino, a nuvem de gafanhotos está atualmente na província de Entre Rios, na Argentina, próximo ao Rio Grande do Sul.

quarta-feira 22 de julho| Edição do dia

O tempo quente e seco está trazendo a nuvem de gafanhotos para o Brasil, se aproxima do Rio Grande do Sul, estado que já sofre com as fortes chuvas que estão causando diversos alagamentos e deixando sem moradia milhares de pessoas, que já sofrem com a pandemia e o descaso do Governo Leite com o número de casos no estado sendo um dos em que a doença mais cresce.Também é um dos estados da união em que a crise econômica atinge forte e a população já paga seus custos.

Os eventos climáticos cada vez mais frequentes e catastróficos, como foram as queimadas no início do ano na Amazônia os duas quebras de barragens em Mariana e Brumadinho e todos os outros, são fruto da maneira que condiciona a exploração capitalista, predatória e irracional com a natureza, geram essas catatrósfes ambientais agravando a crise climática.

Do governo negacionista de Bolsonaro, que faz com que já tenhamos mais de 2 milhões de contaminados e 81 mil mortes, não há solução para o desastre ambiental. Mourão outro incentivador do desmatamento desenfreado, também não está preocupado com as riquezas naturais e está junto de Bolsonaro para acabar com a natureza e vendê-la ao imperialismo de Trump.

Para mudar a exploração irracional do homem da natureza também é preciso mudar a natureza do homem com o próprio homem, pois a segunda condiciona a primeira. Em sua sede pelo lucro máximo, o capitalismo está disposto a destruir todo o globo, explorando milhões de trabalhadores no mundo inteiro destruindo tudo que está em sua frente. Empresas privadas e assassinas como a Vale, seguem respaldadas pelo Estado capitalista.




Tópicos relacionados

Crise Sanitária   /    mudanças climáticas   /    Eduardo Leite   /    Crime Ambiental    /    Governo Bolsonaro

Comentários

Comentar