Gênero e sexualidade

ELEIÇÕES SÃO PAULO

Irmã de trabalhadora da USP vítima de feminicidio apoia candidatura de Diana Assunção

quinta-feira 1º de setembro| Edição do dia

Sandra Martinez, irmã de Geiza trabalhadora da USP assassinada pelo ex – namorado, declarou nas redes sociais o apoio da candidatura de Diana Assunção para vereadora da cidade de São Paulo. De acordo com Sandra: ‘’Diana Assunção, Patrícia Galvão, Patrícia Alves, Giovanna Usai, Jessica Antunes. Mulheres guerreiras que lutam por nós. Precisamos de mulheres assim no poder, para nós representar.

Elas não medem esforços, enfrentam tudo e fazem o impossível para conseguir o que é meu, o seu direito sejam representado. Da mesma forma que lutaram e nos abraçaram, no momento que mais precisamos, quando a minha irmã Geiza Martinez funcionária da USP foi assassinada. Pedi ajuda em todos os lugares, mas ninguém se importou. Elas foram nossos anjos da guarda, colocaram a disposição, sem pedir nada em troca e até hoje estão no nosso lado, sempre perguntando se estamos precisando de algo, sempre com carinho e o sorriso maravilhoso no rosto. Com elas eu sei que é de verdade, não tem enganação, que não tem corrupção. Por isso vamos ajudar quem realmente merece, quem realmente é digna de nos representar’’.

Geiza Martinez foi uma vitima do machismo que oprime e mata milhares de mulheres todo ano, e ainda é defendido por parlamentares como Jair Bolsonaro, Marco Feliciano e Silas Malafaia. Para a Diana Assunção, diretora do Sindicato dos Trabalhadores da USP, é uma questão de principio que os trabalhadores se enfrentem contra a opressão as mulheres, aos negros e LGBTT. Tanto é que o sindicato leva a discussão contra as opressões através de suas secretárias.

Levar solidariedade para a família de Geiza, para nós faz parte em combater o machismo que está presente na sociedade e por isso temos orgulho em apoiar ativamente sua família.




Tópicos relacionados

Eleições 2016   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar