Política

PEZÃO MANTÉM SERVIDORES SEM SALÁRIOS

Governo do Rio diz que manterá salários de abril atrasados, com nova parcela de R$ 300 reais

A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio anunciou nesta segunda-feira, 19, que será depositada nesta data mais uma parcela, de R$ 300, dos salários atrasados de abril. O Estado do Rio gastará R$ 50 milhões com o pagamento, direcionado a cerca de 200 mil servidores, ativos e inativos, que ainda não receberam todo o salário de abril.

segunda-feira 19 de junho| Edição do dia

Na quarta-feira passada, o Estado fez o pagamento da primeira parcela, de R$ 700, gastando R$ 138 milhões. Mesmo após receber de volta R$ 109 milhões da União, Pezão não disse que irá pagar os salários.

"De acordo com o resultado da arrecadação, a Fazenda anunciará em breve quando se dará novo depósito", diz uma nota distribuída pela Secretaria de Fazenda. Segundo a pasta, com o depósito desta segunda-feira, o Estado terá pago R$ 1,25 bilhão da folha de abril, de um total de R$ 1,6 bilhão para o Executivo.

Na semana passada, o Estado pagou também o salário de maio de ativos, inativos e pensionistas da área de segurança (policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários) e ativos da área de educação (rede pública estadual, que não inclui o ensino superior).

Essas áreas têm tido prioridade nos pagamentos. Esses servidores têm recebido no décimo dia útil do mês subsequente, que foi definido como data de pagamento desde que o Rio começou a atrasar salários, na virada de 2015 para 2016. Mesmo assim, não receberam ainda o 13º salário.

Enquanto isso, as isenções aos capitalistas e os ataques a nossos direitos seguem a todo vapor.




Tópicos relacionados

Luiz Fernando Pezão   /    Crise no Rio de Janeiro   /    Rio de Janeiro   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar