Política

JOÃO DORIA

Dória, como Huck, gastou milhões do BNDS em jatinho particular

quarta-feira 14 de fevereiro| Edição do dia

Faz alguns dias veio à tona a revoltante notícia de que o apresentador milionário da Globo, Luciano Huck, pegou R$ 17,7 milhões do BNDS para comprar um jatinho Phenom, dessa vez segundo furo do Tijolaço, quem abocanhou dinheiro do BNDS para aumentar seu patrimônio particular foi João Doria.

O prefake João Doria se orgulha em dizer que viaja no jatinho particular utilizando seu próprio dinheiro, porém como escreveu Fernando Brito, ele esqueceu de contar que o comprou com R$ 44 milhões do BNDS, a juros subsidiados, 4,5% ao ano.

O jato foi comprado em meados de 2010 pela empresa do prefeito paulistano. Em 2011 registrado na Junta Comercial a mudança de atividades para "locação de aeronaves sem tripulação". Quando eleito, Doria transferiu a empresa para seu filho.

Esse tipo de regalia são privilégios dos milionários. Qualquer trabalhador paga juros muitos maiores quando decide realizar o sonho da casa própria (9,2 % de juros), ou mesmo comprar itens domésticos básicos como um fogão ou geladeira através do crediário com juros que superam a taxa de 100%, ótimo negócio, comprou um paga dois.

O discurso de Doria não convence. Enquanto o prefeito tenta aparecer como alternativa à casta política e corrupta, regada de privilégios a custa da miséria da população, ele se utiliza de dinheiro público, que deveria ser destinado a obras públicas, saúde e educação, para comprar um jatinho e fazer suas viagem internacionais de campanha eleitoral.




Tópicos relacionados

Luciano Huck   /    João Doria   /    Privatização   /    Política

Comentários

Comentar