Juventude

ESCOLA SEM PARTIDO

Dezenas de alunos do Bandeirantes protestam contra Escola Sem Partido em São Paulo

Dezenas de estudantes do Bandeirantes, colégio tradicional da capital paulistana, se organizam em frente à escola para protestar contra o projeto Escola Sem Partido na manhã dessa sexta-feira (12).

sexta-feira 12 de agosto| Edição do dia

O ato conseguiu reunir cerca de 100 alunos durante o período do intervalo. Seguraram cartazes com os dizeres: “escola sem pensamento crítico não é escola” ou “a verdade é dura, escola sem partido é censura”. Mais fotos ao final da matéria.

Na manhã anterior, um grupo autodenominado Juntos Pelo Brasil havia panfletado em frente ao Bandeirantes defendendo o projeto de lei que visa endurecer o controle ideológico dentro da sala de aula. Tudo começou quando o próprio diretor do colégio, Mauro Aguiar, participou de um debate na Folha de S. Paulo onde expôs sua visão crítica ao projeto.

Os alunos, portanto, se rebelarem e promoveram este ato que fez bastante barulho na Vila Mariana e chamou atenção.

Muitos que cresceram em São Paulo sabem, ou já ouviram falar, que o Bandeirantes é um colégio de elite e dos mais tradicionais da cidade, com caráter conservador na abordagem pedagógica (há tempos atrás, o colégio dividia os alunos em salas de aula de acordo com as suas notas).

Fatos como esse de hoje mostram o enorme rechaço que existe ao projeto de lei ultra reacionário do Escola Sem Partido e como a juventude não vai aceitar nenhum tipo mordaça dentro da sala de aula.

fotos: mídia ninja
__
__

__
__

__
__




Tópicos relacionados

Escola sem partido   /    Secundaristas   /    São Paulo (capital)   /    Juventude

Comentários

Comentar