Mundo Operário

PREVIDÊNCIA

Chega de enrolar: CUT e CTB, organizem uma paralisação nacional séria para enfrentar a reforma de Bolsonaro

sexta-feira 22 de março| Edição do dia

As maiores centrais sindicais do país, a CUT e CTB, ambas dirigidas por partidos opositores a Bolsonaro cumprem uma vergonhosa trégua com Bolsonaro, deixando de organizar toda a força que hoje os professores demonstraram.

A reforma da previdência de Bolsonaro promete fazermos trabalharmos até morrer para aumentar os lucros dos donos da dívida e os privilégios de banqueiros, juízes, políticos e generais.

A divisão e conflitos entre a Lava Jato e o STF, entre o governo Bolsonaro e o Congresso marcam uma oportunidade da classe trabalhadora entrar em cena e esmagar a reforma da Previdência bem como oferecer uma resposta independente na política nacional.

Nós do Esquerda Diário e do MRT exigimos que a CUT e CTB deixem sua trégua e convoquem assembleias de base, onde os trabalhadores possam decidir os rumos da sua luta, e assim construir um dia efetivo de paralisação nacional contra a reforma da previdência.




Tópicos relacionados

Reforma da Previdência   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar