Política

#30J TOMAR A GREVE GERAL EM NOSSAS MÃOS

Campanha "Tomar a greve geral nas mãos" no telemarketing em Campinas

Nesta Sexta Feira, 23 de Junho, estudantes da UNICAMP e integrantes da FAÍSCA, juventude anticapitalista e revolucionária, saíram às ruas e foram ao encontro dos trabalhadores convocando toda a sociedade para tomar a greve do dia 30 de junho nas mãos.

Fernando Luchiari

Estudante do curso de História na Unicamp

sábado 24 de junho| Edição do dia

A panfletagem aconteceu na saída dos trabalhadores da Empresa de Telemarketing MOTIVA, na qual as condições de trabalho são muito ruins, existem setores da empresa em que os trabalhadores já são terceirizados e que, com as reformas do Governo Temer, se tornarão ainda mais precárias. Essas reformas (trabalhista, previdenciária e a ampliação da terceirização), objetivam tirar do bolso do trabalhador, tudo o que for necessário para que se pague pela crise do Capitalismo que estamos vivendo. Além disso, com as reformas, aumentará a possibilidade de os patrões, que são os verdadeiros responsáveis pela crise, retirar ainda mais direitos que são básicos aos trabalhadores.

Nas conversas com a população, ficou claro, o entusiasmo e a empolgação dos trabalhadores para construir uma importante greve geral que seja capaz de impedir as reformas e derrubar o governo golpista do Temer. Os trabalhadores se mostraram dispostos a travar uma verdadeira luta contra os capitalistas e demostraram, mais uma vez, a força que a classe trabalhadora possui, mesmo quando as Centrais Sindicais estão sendo inertes e incapazes de chamar uma verdadeira mobilização que barre, de uma vez por todas, as reformas.

Nesse sentido, as centrais prestam um verdadeiro desserviço aos trabalhadores, impondo a burocracia e travando a luta. Tudo isso, só reforça a importância da auto-organização, construída pela base, para barrar os ataques. Vamos juntos, até o dia 30, tomar a greve pelas mãos!




Tópicos relacionados

Nossas vidas valem mais que o lucro deles   /    #30J   /    Greve geral   /    Telemarketing   /    Faísca - Juventude Revolucionária e Anticapitalista   /    Unicamp   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar