Política

Bolsas de Nova York sobem com expectativa de resultado eleitoral nos EUA

terça-feira 8 de novembro| Edição do dia

As bolsas de valores de Nova York fecharam em alta nesta terça-feira, 8, de eleição presidencial nos Estados Unidos, revertendo as perdas observadas no começo da sessão.

No fim da tarde, o índice Dow Jones fechou em alta de 0,40%, para 18.332,43 pontos; o S&P 500 subiu 0,38%, para 2.139,53 pontos; e o Nasdaq avançou 0,53%, encerrando aos 5.193,49 pontos

Nos últimos dias, ativos arriscados observaram ganhos ao passo em que a candidata democrata, Hillary Clinton, avançava nas pesquisas. Esses papéis, no entanto, eram liquidados quando levantamentos apontavam para uma corrida presidencial acirrada entre Hillary e o seu rival republicano, Donald Trump.

Ontem, o S&P 500 encerrou sua mais longa série de perdas em quase 36 anos, com um ganho de 2,2%, no maior salto desde março. O ganho ocorreu depois que o diretor do FBI, James Comey, anunciou as acusações sobre o servidor de e-mails usado por Hillary Clinton não tinham evidências suficientes para justificar as acusações.

Apesar do otimismo de hoje, muitos investidores disseram estar cautelosos e alguns citaram a onda de vendas nos dias que seguiram o referendo em que os britânicos optaram por se separarem da União Europeia. Assim como na votação do Brexit, cujo resultado foi totalmente fora das expectativas internacionais, nas eleições dos Estados Unidos permanece a incerteza dos resultados finais. Por isso, segundo os analistas burgueses, as negociações continuarão voláteis até que os resultados das eleições americanas sejam conhecidos.




Tópicos relacionados

Eleições Estados Unidos   /    Política

Comentários

Comentar