ELEIÇÕES SÃO PAULO

Bancada Revolucionária: uma campanha militante

Uma campanha militante para vereador em São Paulo percorre as ruas e as redes.

quarta-feira 14 de outubro| Edição do dia

A Bancada Revolucionária de Trabalhadores é uma candidatura coletiva representada por Diana Assunção, Letícia Parks e Marcello Pablito. Concorrem ao cargo de vereador em São Paulo, e a campanha vêm sendo marcada por um grande ativismo militante.

Segundo Letícia Parks "a campanha da bancada é construída por centenas de jovens, negros, mulheres, LGBT´s e trabalhadores, que estão percorrendo os quatro cantos da cidade. Já foram dezenas de panfletagens, em Paraisópolis, na comunidade São Remo, Sapé, nas portas da fábricas, dialogando com a juventude na Roosevelt e na Paulista, entre inúmero outros lugares. Quem votar 50.200, vai eleger nós três ao mesmo tempo, e nós vamos lutar para ecoar a voz de todos esse setores."

Diana Assunções agregou que "essa campanha seria impossível sem a contribuição financeira dessas pessoas. Ninguém recebe um real para militar pela campanha, e diferente de quase todos os candidatos não recebemos nem um real do fundo eleitoral. Fazemos nossa campanha do nosso próprio salário, e isso é um orgulho imenso".

Por último, Marcello Pablito declarou que "também não aceitamos um tostão sequer de grandes empresários ou banqueiros. Aqui essa história de doar "sem intenção" não cola. Sabemos que quem paga a banda escolhe a música, e estamos decididos que uma campanha política só tem razão de existir se for ao lado dos trabalhadores, em especial os mais precários como os entregadores e as terceirizadas."




Comentários

Comentar