Sociedade

Aumento na conta da água em Campinas

O aumento de 10,67% na conta da água entrará em vigor a partir de Fevereiro e irá afetar todos os tipos de serviços. O aumento foi autorizado pela Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias PCJ (Ares-PCJ) na última quarta feira, 28/12.

quinta-feira 29 de dezembro de 2016| Edição do dia

Com o aumento, a tarifa residencial social para quem consome até 10 metros cúbicos passará para R$ 16,29, somando todos os serviços cobrados. Já a residencial padrão para consumo até 10 metros cúbicos será de R$ 67,91 total. Lembrando que em fevereiro 2016 já havia tido o aumento de 10,95%.

O serviço de abastecimento de água e esgoto é um direito básico da toda a população. O aumento nas contas de água afeta a classe trabalhadora de Campinas, que tornará ainda mais difícil fechar as contas no fim do mês. O aumento, mais uma vez, é maior do que a inflação e ainda maior do que o reajuste salário de todas as categorias.

A escolha política do governo Jonas em Campinas, assim como das instituições governamentais de abastecimento, é corroer o salário dos trabalhadores que já vêm sofrendo com aumentos sistáticos na conta de luz, com rebaixamento salarial no mercado de trabalho e provável aumento da tarifa de ônibus. Enquanto boa parte da população, que vive nos bairros periféricos, segue sem acesso aos serviços hídricos básicos.




Tópicos relacionados

Sociedade

Comentários

Comentar