Sociedade

TOCHA EM CAMPINAS

Ato em protesto a tocha olímpica enche as ruas de Campinas

Nesta quarta (20) ocorreu a cerimônia de passagem da tocha olímpica em Campinas. Símbolo máximo das olimpíadas, a chama ficou apagada sob as vaias e os gritos de "Fora Temer" do ato protesto.

quinta-feira 21 de julho de 2016| Edição do dia

Fotos: Wesley Bastos

Em um cenário político nacional conturbado como o que vivemos, com um governo golpista a frente que aprofunda os ataques que já vinham sendo implementados pelo PT, um índice de desemprego que só cresce e na juventude já chega a 20%, com o preço do feijão a 15 reais mostrando à desvalorização dos salários, e uma crise econômica profunda no estado do Rio de Janeiro que vai sediar as olimpíadas, um ato como este demonstra a politização e disposição de setores d trabalhadores e jovens que não vão aceitar e buscam uma alternativa.

Com esse cenário, pra quem serve as olimpíadas? Esse dinheiro investido nos mega eventos poderia muito bem ser destinado a educação e saúde pública que hoje estão sucateadas. Em Campinas, até no referencial Hospital Universitário (HC) da Unicamp, faltam produtos básicos como vacinas, gazes e absorventes. Ao mesmo tempo, ocorre uma greve histórica na Unicamp contra o desmonte Universidade pública.

A juventude secundarista de várias escolas da cidade, que ocuparam suas escolas e derrotaram Alckmin foi parte importante do ato, que contou também com a presença de estudantes da UNICAMP que protagonizam uma importante greve, além de estudantes da PUCC e outras universidades. A juventude expressou através de paródias criativas o seu descontentamento com os governos que já não representam seu anseio por um outro futuro que garanta saúde, educação, emprego de qualidade e uma vida digna para todos. Esses jovens que deram lição de luta seguem fazendo política na cidade e prometem ser uma geração de questionamento e mudança.

Danilo Magrão, professor da rede pública e pré-candidato a vereador pelo PSOL em Campinas comentou que "um ato contra a tocha em Campinas maior do que o número de pessoas assistindo todo aquela enrolação da elite campineira foi muito importante para mostrar as contradições das Olimpíadas, no Brasil como um todo, mas também em Campinas, onde os políticos estão envolvidos em vários escândalos de corrupção como os golpistas e sucateiam o serviço público o quanto podem".

Um setor de moradores da ocupação de Carajás, que lutam por moradia, foram também mostrar o descaso dos governos com essa pauta fundamental. É um absurdo que no momento atual em que vivemos, aceitemos que tanto Jonas, quanto o governo do Temer golpista continuem nos atacando, enquanto tentam esconder isso com as Olimpíadas.




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Campinas   /    Juventude

Comentários

Comentar