×

Professores em Greve | Álvaro Dias recebe 32 mil de salário e quer acabar com piso salarial de professores em Natal-RN

Desde o dia 28/3 professoras e professores municipais do Rio Grande do Norte entraram em greve para conseguir o reajuste salarial de 33,24% relativos à atualização do piso salarial 2022. Além disso, eles também lutam para derrubar o projeto de lei criado pelo governo Álvaro Dias (PSDB) de acabar com o piso salarial da categoria, tornando o piso hoje EM máximo que os professores irão receber.

quarta-feira 6 de abril | Edição do dia

É muito absurdo esse ataque de Álvaro Dias justamente no momento em que os professores natalenses estão em greve pelo reajuste de seus salários. É mais absurdo ainda vermos este tipo de ataque quando o prefeito Álvaro Dias ano passado às vésperas do Natal aumentou seu salário em 60% passando a receber 32 mil reais por mês, o 2º maior salário de prefeito de capital do país.

Há a possibilidade de uma reunião entre o Sindicato de Professores (Sintepe/RN) e a prefeitura nesta quarta para que cheguem a um acordo quanto ao reajuste. Enquanto isso, o secretário de educação de Natal ataca os grevistas dizendo que “não há justificativa para a greve”. Ontem, terça-feira (5), o Sintepe/RN se reuniu com o prefeito que ofereceu um reajuste de 6,42% para os servidores com recursos retirados do Fundeb. Além do reajuste, a categoria também reivindica a realização de concurso público e infraestrutura adequada em algumas unidades de ensino e CMEIs.

Hoje os professores e professoras em greve vão até a Câmara Municipal para a votação do Projeto de Lei do Piso que Álvaro Dias tenta impor. É necessário todo apoio e solidariedade à greve de professores municipais do Rio Grande Norte para poder impor a conquista do reajuste e barrar essa medida anti operária do prefeito que mesmo em meio a uma crise profunda com alta dos preços, alimentos, combustíveis, gás etc, quer diminuir ainda mais o salários dos professores.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias