Educação

PERSEGUIÇÃO POLÍTICA

Aluna é suspensa por ser contra a perseguição ideológica em escola em SC

Uma aluna do Colégio Univest em Lages, Santa Catarina, foi suspensa por não concordar com o conteúdo contra o livre pensamento em panfleto distribuído na escola.

quinta-feira 19 de outubro| Edição do dia

A direção da escola suspendeu a aluna e a obrigou a apagar a postagem de seu Facebook pessoal, alegando que isso era “denegrir imagem do colégio em redes sociais”.

O panfleto dizia que na escola NÃO é ambiente em que se aprende sobre “sexo”, “ideologia de gênero”, “ativismo LGBT”, “comunismo”, “esquerdismo”.

Essa é mais uma expressão do que querem fazer os partidários do “Escola sem Partido”. É uma verdadeira perseguição política e ideológica de alunos mas principalmente de professores e educadores.

O Esquerda Diário se solidariza com a estudante. Sigamos na batalha pelo livre pensamento e pela construção da reflexão crítica nas escolas e nas universidades. Não ao reacionário e medieval projeto Escola Sem Partido. Contra toda forma de perseguição política!




Tópicos relacionados

Santa Catarina   /    Escola sem partido   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar