Política

PRIVILÉGIOS DOS JUÍZES

Além de Moro, os três juízes que condenaram Lula também recebem auxílio-moradia

Os três desembargadores que votaram pela condenação de Lula e avançaram contra o direito de milhões de decidir em quem votar também recebem auxílio-moradia de R$ 4.377,73.

sexta-feira 2 de fevereiro| Edição do dia

Além de Sergio Moro e Marcelo Bretas, os desembargadores do TRF-4 Leandro Paulsen, João Pedro Gebran Neto e Victor Luís dos Santos Laus também recebem auxílio-moradia de R$ 4.377,73.

Além dos altíssimos salários, um desembargador ganha 30 mil reais, esses juízes recebem mais vantagens, benefícios e auxílios que não raro fazem com que ganhem mais de 100 mil reais em um único mês. Para compararmos, o salário mínimo no Brasil passou de 937 reais em 2017 para 954 reais em janeiro de 2018 (um aumento irrisório de 1,81%). O déficit de moradias no Brasil hoje é de 6 milhões de imóveis. São milhões de famílias que não tem onde morar, enquanto juízes que não foram eleitos por ninguém vivem de privilégios e com altíssimos salários.

Leia mais: Moro enriquece às nossas custas, tem apartamento próprio e acumula auxílio moradia

São esses mesmos juízes que dizem combater a corrupção, mas agem de forma arbitrária avançando sobre nossos direitos mais elementares como o direito de decidir em quem votar. Basta de privilégios, que os juízes sejam eleitos e que ganhem o mesmo que uma professora!




Tópicos relacionados

Julgamento de Lula   /    Operação Lava-Jato   /    Sérgio Moro   /    "Partido Judiciário"   /    Política

Comentários

Comentar