Política

ALCKMIN

Alckmin é acusado de desapropriar propriedades em SP para beneficiar seus familiares

O candidato tucano e ex-governador de De São Paulo, é acusado de ter assinado decretos em 2013 e 2014 para desapropriar propriedades que pertencia a seu sobrinho para o mesmo se beneficiado com indenização através de ação judicial.

segunda-feira 24 de setembro| Edição do dia

O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito contra o ex governador e candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) nesta segunda-feira (24) para apurar as denúncias sobre supostas irregularidade nos dois decretos que ele realizou e levou a desapropriação de terrenos envolvendo familiares do candidato tucano à Presidência.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, Alckmin realizou duas desapropriações em 2013 e 2014 que atingiram propriedades de Othon Cesar Ribeiro, sobrinho do tucano. Essas desapropriação gerou ações judiciais onde o sobrinho de Alckmin teria recebido dos processos ao menos R$ 3,8 milhões. As denúncias apontam que Alckmin teria assinado decretos de desapropriação para seu sobrinho pudesse sair beneficiado com uma ação na justiça contra o Estado de São Paulo.

O promotor do caso, Marcelo Milani pediu abertura da investigação e deu prazo de 20 dias para que Alckmin, o sobrinho e a concessionária se manifestem sobre as acusações. Othon é filho de Adhemar Ribeiro, cunhado de Alckmin citado em delações como arrecadador de caixa dois para campanhas do candidato, mostrando os vários esquemas de corrupção que a família do candidato supostamente está envolvida.

Essa é mais uma das dezenas de denúncias que tem contra Geraldo Alckmin de desviar dinheiro público para beneficiar não só seus familiares, mas também os grandes empresários e também com a política privatista do seu partido, no qual em seu programa para a Presidência, mostra que quer entregar dinheiro público nas mãos dos capitalistas, privatizando as estatais, e também aplicando as reformas e os ataques aos trabalhadores para continuar garantindo o saque que é o pagamento da dívida pública aos grandes capitalistas.




Tópicos relacionados

Eleições 2018   /    PSDB   /    Alckmin   /    São Paulo   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar