Sociedade

VIOLÊNCIA POLICIAL

Agentes penitenciários espancam catador de materiais recicláveis em SP

quinta-feira 21 de novembro| Edição do dia

Agentes penitenciários espancaram um catador de materiais recicláveis em São Paulo. O trabalhador foi espancado por três agentes de escolta penitenciária na quinta-feira (14), às 16h45, na Vila Maria, na zona norte de São Paulo. O vídeo foi compartilhado nas redes sociais e divulgado no jornal da Record.

No vídeo pode-se ver a atuação violenta dos agentes penitenciários, esmurrando a face do homem, prendendo o contra o carro, chutando-do e derrubando seu material.

No final do vídeo, o motorista que flagrou tudo desabafa "(...)a covardia que fizeram com o cara!"

As polícias, guardas municipais e agentes penitenciários agem desta maneira frequentemente, pois apesar de portarem armas e distintivos com a suposta justificativa de manter a lei e a ordem, a verdade é que a única ordem que mantém e a dos ricos, dos capitalistas que enriquecem com a misérias de milhões de brasileiros. Sem acesso a empregos, com direitos trabalhistas duramente atacados por Paulo Guedes e Bolsonaro, cada vez mais os trabalhadores recorrem a trabalhos precários, subempregos e todo meio possível para sobreviver.

O que não falta é mãos querendo trabalhar, mas para os capitalistas é melhor que milhões fiquem no desemprego e na miséria, assim outros milhões são forçados a aceitar salários miseráveis sob a ameaça do desemprego. A solução para Bolsonaro é aumentar ainda mais a repressão contra os pobres e os trabalhadores, aumentar o racismo, o machismo e a LGBTfobia para dividir os trabalhadores. A solução para os trabalhadores é estatizar as empresas e dividir todo o trabalho por todos os braços disponíveis para trabalhar, eliminando o lucro que deve ser usado para custear as necessidades básicas de todos os trabalhadores.




Tópicos relacionados

Sociedade   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar