www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Viernes 23 de Abril de 2021
10:35 hs.

Twitter Faceboock
Corja, secretário da Saúde pede "desculpas a Deus" por furar a fila da vacina
Redação
Ver online

Foto Reprodução / Internet

Escândalos relacionados a indecência e mau-caratismo das camadas ricas e privilegiadas da sociedade brasileira, de empresários à pequeno-burgueses abastados, não param de surgir, agora que a atrasada, precária e insuficiente vacinação começou.

Adjetivos faltam para narrar a canalhice que ocorre pelo país inteiro. Em um dos países mais desiguais do planeta, os interesses e desejos dos ricos estão acima de qualquer regra, lei e constituição. Desvios, furar a fila, acesso diferenciado. A vacinação "VIP" já é uma realidade para essa corja que até ontem, muitos deles, negavam a própria pandemia.

Aqui contamos um caso surrealista de um secretário municipal da Saúde, em Goiás. Esta figura nojenta pediu, literalmente, desculpas a Deus por furar a fila da vacina. “Peço desculpas a Deus e peço a ele, imploro a ele, que aceite as minhas escusas”, afirmou.

Assis Silva Filho aproveitou da sua posição de poder estatal, ignorando a organização legal do processo de imunização (que repetimos, esta longe do mínimo), praticamente cuspindo na cara das pessoas de grupos de risco que tiveram a sorte de estar nessa fila, para demonstrar o seu incontestável amor: garantiu a imunização da sua esposa.

O Pastor, sim Assis Silva Filho também é um Pastor, seria um ótimo personagem das obras de Machado de Assis, sem tirar nem por. Justifica a máxima imoralidade corrupta de caráter por uma causa maior: o amor pela sua esposa. A hipocrisia e canalice, perfumadas por objetivos aparentemente nobres, fazem parte da identidade das elites brasileiras e sua dominação de classe, onde o abuso do poder é uma marca.

Até o chorume da sociedade brasileira demonstra hipocritamente os seus remorsos. Mas, seus crimes pouco importam se atingem os explorados e oprimidos, o erro foi cometido com Deus e a esse se deve pedir as desculpas mais sujas. O pedido pelo perdão dos seus pecados, contudo, jamais seria feito àqueles que sofrem por suas ações criminosas, esses jamais o perdoariam, e sua condenação nos lembraria da nobreza na Revolução Francesa.

A miséria sobreposta a miséria resume a situação. A amada esposa do nosso secretário é idosa, mas a sua frente estavam outras pessoas que foram colocadas em uma fila, cuja existência, devido a insuficiência de vacinas, por si só já é um absurdo. Todos devem ter direito e acesso a vacina. É necessário a vacinação universal de toda a população, de acordo com um plano científico.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui