www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Lunes 23 de Noviembre de 2020
21:48 hs.

Twitter Faceboock
LATIFUNDIÁRIOS ATACAM GUARANI-KAIOWÁ EM DOURADOS
Latifundiários esmagam com trator pernas de indígena de 75 anos: esse é o Brasil de Bolsonaro
Leticia Parks

Bolsonaro foi eleito prometendo acabar com as terras indígenas no país, e hoje os latifundiários levam a ferro e fogo sua política no campo, atacando e massacrando o povo indígena. Estamos com eles para resistir a essa brutalidade capitalista.

Ver online

Uma matéria no Fantástico desse domingo colocou em rede nacional o escândalo que os povos indígenas vem denunciando incansavelmente, sendo ignorados pelas emissoras capitalistas, há muito tempo. O massacre contra esses lutadores que resistem há mais de 500 anos é uma marca do Estado brasileiro, está marcado intrinsecamente na história do capitalismo nacional.

Bolsonaro, como um representante da extrema-direita, capacho do imperialismo que controla as mineradoras, e da burguesia mais reacionária ligada ao agronegócio brasileiro, leva adiante uma política consciente de aumentar ainda mais os ataques aos povos indígenas. O que aparece como um “conflito” na reportagem do Fantástico é um impiedoso massacre, executado pelos capangas dos latifundiários, mas acobertado e incentivado pelo Estado, e em primeiro lugar pelo governo de Bolsonaro.

Cenas revoltantes mostram um trator transformado em tanque de guerra atacando os indígenas, picapes com capangas rondeando as terras dos Guarani-Kaiowá em Dourados (MS). Os relatos dos habitantes das terras indígenas, que resistem heroicamente, são indignantes. Um deles perdeu o olho ao tentar proteger seus parentes, enquanto os capangas atacavam com balas de borracha. Outro levou um tiro de arma de fogo na perna. A covardia não tem limites: o trator usado para atacar os indígenas – e não à toa comparado com o “caveirão” da assassina polícia carioca – prensou as pernas de uma guarani-kaiowá de 75, quebrando-as. O sangue desse povo rega os lucros criminosos desses latifundiários.

Nós nos solidarizamos com os Guarani-Kaiowá de Dourados, e com todos os povos indígenas que bravamente lutam pelo seu direito há séculos. Defendemos a imediata demarcação de todas as terras indígenas de acordo com a demanda histórica desses povos, e seu total direito à auto-determinação. Nossa luta é ao lado dos indígenas e contra os capitalistas.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui