www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Martes 26 de Enero de 2021
02:50 hs.

Twitter Faceboock
Em meio à pandemia, terceirizados do CCMN-URJ sofrem com atrasos em salários e benefícios
Redação

Trabalhadoras terceirizadas de pelo menos dois centros na Ilha do Fundão, da UFRJ estão há dois meses com salários e benefícios atrasados. Isso se dá em meio à demissão de cerca de 80 trabalhadores!

Ver online

Conforme denúncia da Associação de Trabalhadores Terceirizados da UFRJ (ATTUFRJ), pelo menos 60 trabalhadoras, empregadas pela empresa ProServiços no Laboratório de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e no Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza têm sofrido com atrasos nos benefícios e no salário. Mesmo com todos os valores já repassados pela UFRJ, a ATTUFRJ denuncia o abuso da ProServiços que segue sem depositar dois meses de salário e benefícios aos trabalhadores.

Agravando ainda a situação, o Restaurante Universitário recentemente demitiu 80 terceirizados, fazendo uso de uma cláusula do contrato com a UFRJ que permite o corte de equipe em caso de redução da demanda da comida. São 80 famílias na rua, sem nenhum amparo, e sem perspectiva de se sustentarem em meio à pandemia que atinge o país.

Essa situação de completo descaso, escancarando a diferença de tratamento que recebem os trabalhadores terceirizados frente aos efetivos, escancara a precarização do trabalho dentro da universidade, assim como a separação, pelos patrões, das fileiras de trabalhadores. Igualmente, traz para a ordem do dia e luta por medidas emergenciais elaboradas pelos próprios trabalhadores, para enfrentar a pandemia! Mostra-se urgente a proibição de todas as demissões e cortes de salário, assim como a luta pela efetivação de todos os trabalhadores terceirizados, sem necessidade de concurso, pela igualdade e unidade entre os trabalhadores de todas as categorias que mantêm a universidade contra os ataques! Mesmo em um momento onde as universidades estão, em grande parte, fechadas, a luta contra a precarização segue viva, especialmente frente ao papel que universidades como a UFRJ e tantas outras podem cumprir frente à pandemia, se suas ações são guiadas pelos interesses da classe trabalhadora.

Nós, do Esquerda Diário, expressamos nossa mais ampla solidariedade com todos os trabalhadores que tem sofrido com a ganância das patrões, como sempre mais interessados em salvar seus lucros do que com a vida daqueles que todo dia trabalham para manter a universidade aberta, e seguiremos impulsionando com todos os recursos que nos forem disponíveis, a luta por salário e trabalho dignos e contra a precarização.

Leia mais: Coronavírus: Garantir a renda e o emprego no combate a pandemia

Frente a esse cenário, a ATTUFRJ está impulsionando uma campanha de solidariedade para arrecadar recursos para comprar 160 cestas básicas para garantir nessa quarentena o mínimo de sustento aos trabalhadores e suas famílias.

* * * * * * * * * * *

CORONAVÍRUS: Estão demitindo ou cortando pagamento no seu trabalho? Te obrigam a trabalhar sem equipamento de proteção? ENVIE SUA DENÚNCIA! Contato - WhatsApp / Signal / Telegram:

+55 11 97750-9596

E-mail:

[email protected]

Siga o Esquerda Diário nas redes sociais! Youtube: Esquerda Diário Instagram: @EsquerdaDiarioOficial Twitter: @EsquerdaDiario Facebook: Esquerda Diário

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui