www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 29 de Octubre de 2020
17:41 hs.

Twitter Faceboock
CHILE
Multidão lota Praça Itália exigindo o fim do estado de exceção no Chile
Redação

Neste momento, contra as políticas repressivas do governo, milhares de jovens, estudantes, mulheres e trabalhadores se concentram na Praça Itália, de distintas regiões da capital.

Ver online

Mais de 100 mil pessoas se reúnem na praça Itália para dizer ao governo que os militares devem sair das ruas, que o estado de exceção e o toque de recolher não farão parar a mobilização que busca mudar esse sistema desde a raiz.

Com palavras de ordem como “que saiam os milicos”, ou “fora Piñera”, a multidão ignora a solicitação do governo para que trabalhemos “pela paz”. O discurso repressivo e criminalizador que o governo busca instalar, com a ajuda da imprensa oficial, não está conseguindo mudar a situação nacional de mobilização. Pelo contrário, está resultando em uma maior desobediência civil e organização em diversos setores para dar resposta a um governo intransigente e, sobretudo, para avançar na solução de demandas estruturais como o fim das Administradoras de Fundos de Pensão (No+AFP), educação e saúde pública digna, pelo fim do roubo da água, das zonas de sacrifício (de grande contaminação industrial), dos pedágios urbanos (No+TAG), etc.

Definitivamente a mobilização mostra a profunda intenção do povo de terminar com o sistema neoliberal que conseguiu reinar no Chile desde a ditadura e que os governos da ex-Concertación aprofundaram e defenderam.

Chile despertou e se cansou de tantos abusos. Trabalhadores portuários, em distintas cidades do país, como também sindicatos e organizações sociais, buscam se organizar e projetar a luta social para avançar nesta quarta-feira, 23 de outubro, a uma grande Greve Geral.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui