www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Domingo 17 de Enero de 2021
16:14 hs.

Twitter Faceboock
Eleições da CIPA no Metrô de SP acontecem em meio a ataques da privatização
Redação
Ver online

No último mês ocorreu as eleições para os cargos da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) da bancada de trabalhadores do Metrô de SP. O Movimento Nossa Classe Metroviários esteve concorrendo nas linhas 1 Azul, 2 Verde e 3 Vermelha com um programa à serviço de fortalecer a luta contra o desmonte do Metrô de SP: contra a privatização e a ingerência da empresa, em defesa da saúde e segurança dos metroviários, contra as demissões por baixa produtividade e pela readmissão dos demitidos, pela efetivação dos trabalhadores terceirizados, contra o machismo e em defesa da subcomissão de mulheres da CIPA, em defesa de mandatos ativistas na CIPA.

As campanhas também chamaram a categoria a votar nos atuais metroviários reintegrados demitidos na greve de 2014 por lutar, que retomaram no últimos meses aos seus postos de trabalho. Mostrando uma enorme solidariedade de classe, a categoria elegeu a ampla maioria destes companheiros nessas eleições da CIPA, entre titulares e suplentes da bancada de trabalhadores.

A bancada eleita dos candidatos do Movimento Nossa Classe está comprometida a defender os metroviários contra os planos privatistas existentes, assim como os previstos com o passar das eleições estaduais e presidencial, onde as pesquisas indicam fortes indícios de eleger Bolsonaro.

Em seu agradecimento nas redes sociais, Felipe Guarnieri, o candidato mais votado da CIPA de todas as linhas com 384 votos, afirmou "Quero agradecer os votos que me reelegeram como mais votado da CIPA Linha 1 do Metrô, assim como todos os votos dados as companheiras e companheiros que também foram eleitos pela chapa do Nossa Classe- Metroviários. Com certeza nos da um grande fôlego para seguir combatendo as ingerências da Direção da empresa na cipa, assim como para fortalecer a luta. Mas companheiros não há tempo de comemorar... Agora diante a situação política do país e o avanço da extrema direita, está mais do que na hora de construirmos uma grande força MILITANTE para derrotar Bolsonaro nas ruas, nas redes sociais e impedir que ele seja eleito. Por isso, a proposta que faço ao nosso sindicato desde já é que seja convocado comitês de base na categoria metroviária CONTRA BOLSONARO e o avanço do autoritarismo que ele como herdeiro da ditadura militar representa. Bolsonaro quer esmagar os trabalhadores e é uma ameaça à vida das mulheres, negros, indígenas e LGBTs. Temos que derrota-lo! É preciso organizar militância de base e todo e qualquer tempo que cada um tiver para contribuir nessa batalha será fundamental!".

A primeira reunião para organizar este comitê será quinta-feira, as 16h30, na quadra do Sindicato dos Metroviários, antes da assembleia marcada pelo Sindicato no mesmo dia. Compareçam!

Veja os candidatos eleitos abaixo do Movimento Nossa Classe:

Linha 1 Azul
Titular: Felipe Guarnieri
Titular: Gabriela Farrabras
Titular: Soraya
Suplente: Filipe Amorim

Linha 2 Verde
Suplente: Larissa

Linha 3 Vermelha
Titular: Fernando Salles
Titular: Rinaldo Marin
Suplente: Fernanda Peluci

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui