×

CRISE AMBIENTAL | Destruição ambiental capitalista faz Sicília bater 48,8°C e deixa Europa em alerta

A ilha italiana da Sicília, que ao longo do ano tem temperaturas amenas, dessa vez bateu o infeliz recorde 48,8°C do qual não era superado desde 1977, que aconteceu na Grécia em Athenas. Esse fenômeno está acontecendo por conta de um anticiclone chamado lúcifer e incêndios florestais que afetam a região. Tudo isso mostra na prática a capacidade que capitalismo e sua destruição ambiental tem de causar impactos irreversíveis no mundo que podem afetar as próximas gerações da vida no planeta.

quinta-feira 12 de agosto | Edição do dia

Imagem: Reuters / BBC News Brasil

Não é só na américa que estão acontecendo os terríveis fenômenos de desequilíbrio de temperatura que assustaram os diversos países, sobretudo o Brasil com o frio extremo antes jamais visto na história do país. A ilha italiana da Sicília que na maioria do ano é um lugar super frio esta deixando também o mundo em alerta, já que além das altas temperaturas, diversos focos de incêndios florestais estão se espalhando pelo país, fazendo com que a temperatura aumente ainda mais.

A OMM (Organização Mundial de Meteorologia) diz que a onda de calor está sendo causada por um fenômeno que acontece quando grandes massas de ar atmosféricas se encontram, entrando em choque de pressão e se afundam na direção da terra/mar fazendo com que o ar fique seco e quente. Além disso o ar seco e as altas temperaturas vem sendo estopins de grandes incêndios florestais que são alastrados pelos fortes ventos e aumentam ainda mais a temperatura. Só na Sicília foram mais de 300 operações anti incêndio envolvendo centenas de bombeiros para conter as chamas.

Podem te interessar: A histórica onda polar que encobre o Brasil e Ondas de calor, variantes da COVID: o capitalismo destrói o planeta, destruamos o capitalismo!

Outros regiões estão também sendo vítimas de grandes incêndios e altas temperaturas como a Púglia e a Calábria vem sofrendo incêndios que já causaram 3 mortes até então notificadas.

Toda essa situação que está causando frio e calor extremo no mundo, se dá por conta da predação capitalista do meio ambiente, que está fazendo o mundo aumentar de temperatura e causando desiquilíbrios que estão trazendo muitas mortes, tanto de humanos quanto de ecossistemas inteiros com animais, plantas e micro organismos. Isso tudo demonstra que o capitalismo precisa chegar ao seu fim pelas mãos da classe trabalhadora, para que assim possamos salvar o planeta que está sendo destruído por conta da sede de lucros dos capitalistas.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias