×

Violência policial | Vídeo mostra GCM racista de SP com joelho no pescoço de homem negro e provável implante de droga

A violência racista da GCM fica nítida no vídeo, onde 2 agentes reprimem violentamente um homem negro, nesta terça-feira (31), na Rua Ana Cintra, Centro de São Paulo. Um absurdo racista que segue a linha incentivada por Bolsonaro.

quarta-feira 1º de junho | Edição do dia

A violência racista da GCM fica nítida no vídeo, onde 2 agentes reprimem violentamente um homem negro, nesta terça-feira (31), na Rua Ana Cintra, Centro de São Paulo. Enquanto um fica com o joelho pressionando o pescoço, o outro agente revista a mochila. Logo após chega um terceiro agente, desce da viatura com um saco branco e aponta para a câmera dizendo que seria alguma droga. Fica nítido que a droga sai da viatura e não da mochila.

É possível ouvir alguém dizendo que ele estava apenas indo trabalhar. O homem é César Victor Batista, que foi liberado no mesmo dia por falta de provas.

Segundo nota da própria GCM, os agentes teriam apenas feito "uso moderado da força". Mas o mesmo joelho que matou Goerge Floyd estava sobre o pescoço de César. A polícia é feita para reprimir e chacinar a população negra e pobre desse país, como na recente chacina na Vila Cruzeiro, pela PMRJ, ou o caso absurdo do assassinato após tortura de Genivaldo pela Polícia Rodoviária Federal. Em todos os casos contou com o apoio de Bolsonaro, que incentiva sua base policial a potencializar sua selvageria.

Toda solidariedade a César! A polícia tem que acabar!

Veja o vídeo abaixo:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias