×

Racismo | [Vídeo] Homem negro é obrigado a tirar roupa em supermercado para provar que não roubou

O caso de racismo aconteceu dentro do Supermercado Assaí na cidade de Limeira, interior de São Paulo. Homem disse que foi seguido e coagido pelos seguranças que o obrigaram a se despir na frente de outros clientes para provar que não havia roubado. "Eu vim aqui pra comprar alguma coisa e me chamam de ladrão".

segunda-feira 9 de agosto | Edição do dia

Um vídeo que viralizou nas redes sociais na manhã desta segunda(09) chama a atenção para mais um caso de racismo numa grande rede de supermercados. O vídeo mostra o momento em que homem, que não será identificado para preservá-lo, despiu-se até ficar de cuecas em frente a diversas pessoas, no interior do Supermercado Assaí, na cidade de Limeira, interior de São Paulo.

O homem chega a chorar após se despir e é defendido por outros clientes, que criticam a abordagem abusiva e racista dos guardas do supermercado. "Eu vim aqui pra comprar alguma coisa e me chamam de ladrão", é o que dizia o homem aos gritos após a abusiva abordagem.

O caso ainda se torna mais absurdo após a abertura de ocorrência policial. Os policiais não “identificaram” racismo no caso e abriram investigação por “suposto constrangimento”, numa clara demonstração do papel racista das polícias, que não servem para nada.

Assista o vídeo a seguir:

Leia também: URGENTE: Fazenda Roseira, patrimônio da cultura negra, é alvo de incêndio




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias