Sociedade

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Moradoras da ocupação do CCBB contam sobre a repressão policial e despejo de Ibaneis

Em entrevista exclusiva para o Pão e Rosas DF e Esquerda Diário, damos voz às moradoras da ocupação CCBB que tiveram suas casas destruídas e foram agredidas pela repressão policial estatal e do governo Ibaneis, em Brasília. “Jogaram sprai de pimenta no meu rosto e ficavam rindo da gente”. Assista abaixo.

Pão e Rosas

@Pao_e_Rosas

segunda-feira 12 de abril| Edição do dia

Neste domingo, 11, estivemos com as guerreiras Cássia e Ivania, da ocupação do CCBB, que enfrentam a violência policial estatal e do governo higienista e racista de Ibaneis em sua luta pelo mínimo direito à moradia digna para suas famílias e educação para suas crianças.

Leia mais: Com mais de 6 mil mortos de COVID no DF, Ibaneis despeja famílias com sua polícia racista

Uma violência ainda mais gritante em um cenário de aumento da pandemia, da fome e do desemprego no país, onde mais de 3 mil pessoas morrem de covid em 24h no Brasil. No Distrito Federal, corpos se acumulam no chão dos hospitais, fruto da política assassina de Bolsonaro, em primeiro lugar, do governador Ibaneis, mas também de todos os golpistas.

As desocupações estão sendo sistemáticas e com enorme violência aqui no DF. Precisamos nos cercar de solidariedade e unir os trabalhadores pelo direito à moradia e por uma resposta da nossa classepara toda a crise.

Assista abaixo o vídeo da entrevista:

Nós do Pão e Rosas e Esquerda Diário nos solidarizamos com todas as famílias despejadas da ocupação do CCBB e que resistem ao ataque de Ibaneis e sua polícia. Colocamos nosso jornal e mídia à serviço e para dar voz a esses e a todos os trabalhadores!

Basta de desocupação e violência policial! Direito à moradia digna para todos!

Nossas vidas valem mais que os lucros deles!

Envie sua denúncia do DF ou Centro-Oeste para (61)99903-2711




Tópicos relacionados

Despejo   /    Repressão policial   /    Gênero e Sexualidade   /    Racismo Policial   /    Ibaneis Rocha   /    DF - Brasília   /    UnB   /    negras e negros   /    Mulheres   /    Universidade de Brasília   /    Sociedade   /    Violência policial   /    Brasília

Comentários

Comentar