×

Greve MRV Campinas | "Uma mídia que não noticia a greve dos trabalhadores, esse é o compromisso com a verdade da EPTV?" diz Flávia Telles

Os trabalhadores da MRV realizaram nesta segunda-feira, 16/08/2021, um ato em frente à sede da EPTV em Campinas, emissora afiliada da Rede Globo da região. Eles estão em em greve há mais de um mês, e entre suas reivindicações está o direito ao PLR (Participação em Lucros e Resultados) e por melhores condições de trabalho.

terça-feira 17 de agosto | Edição do dia

Trabalhadores em greve da construtora MRV realizaram hoje um ato em frente à sede da EPTV em Campinas. A emissora afiliada da Rede Globo na região tem sido parte do cerco midiático que há um mês boicota a greve, não cobrindo o conflito, como se o mesmo não existisse. A greve tem expressado sua força com vários atos nos canteiros de obra, na frente da sede da MRV e no centro da cidade. A indignação dos grevistas hoje se impôs na frente da emissora.

“Os dados que usam nas matérias estão aqui hoje, vivos, na frente de vocês! - diz trabalhador em greve”

Apesar de ter os dados todos à sua frente, e todos os meios para realizar uma forte cobertura, a EPTV conscientemente não produziu notícias que expressassem a força da greve à população.

Flávia Telles, professora da rede estadual e integrante da rede Esquerda Diário, prestou solidariedade aos grevistas, confira:

Como temos denunciado aqui no Esquerda Diário, a MRV é uma das empresas que atualmente se encontra na “lista suja” do trabalho escravo, forçando seus funcionários, de maioria negros e nordestinos, a se submeterem a condições de trabalho análogas à escravidão nos canteiros de obras, uma expressão do racismo estrutural. Recebemos várias denúncias de trabalhadores que sofreram com isso trabalhando para a MRV, como pode ser lido aqui. A empresa também já foi autuada várias vezes desde 2011 por trabalho análogo à escravidão, tendo se envolvido em um escândalo onde 16 trabalhadores foram resgatados por uma operação em Porto Alegre e São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Eles eram aliciados por uma empresa terceirizada contratada pela MRV.

A grande mídia e a MRV têm uma coisa em comum: ambas estão a serviço dos patrões e de aprovar as reformas. Grandes construtoras como a MRV utilizam-se desses grandes meios de comunicação para fazer sua propaganda positiva, e por vezes tanto construtoras quanto emissoras pertencem à mesma pessoa ou grupo. É o caso de Rubens Menin, dono da MRV, bolsonarista e defensor de todos os ataques contra os trabalhadores, como a reforma trabalhista e a privatização dos correios. Menin é dono da CNN Brasil, e também comprou a rádio Itatiaia.

O Esquerda Diário tem se colocado todos os dias junto aos trabalhadores da MRV para poder expressar a batalha que eles vêm dando e não é expressa em nenhuma nota da mídia burguesa. Além disso, colocamos todas as nossas forças e ideias para que a greve dos trabalhadores da MRV seja vitoriosa.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias