×

Telemarketing em MG | Um mês após greve, Ação Contact Center volta a atrasar salários de trabalhadores

Empresa mineira de telemarketing voltou a atrasar salários dos funcionários um mês após a greve dos trabalhadores da empresa por melhores condições de trabalho. Burguês dono da empresa vive vida de luxo enquanto trabalhadores passam por necessidades.

segunda-feira 13 de setembro | Edição do dia

Em agosto, trabalhadores da Ação Contact Center entraram em greve para denunciar a situação calamitosa em que se encontravam, com salários atrasados desde março e também pela falta de garantia dos pagamentos referentes aos vale alimentação/refeição e o vale-transporte.

A empresa de telemarketing fica baseada em Belo Horizonte, capital mineira, é uma das maiores da cidade.

Os trabalhadores chegaram a se manifestar diretamente em frente a casa de Carlos Henrique Fernandes Ferreira, dono da empresa, cobrando a regularidade dos pagamentos e débitos.

Os trabalhadores encerraram a greve com a promessa da empresa de que os pagamentos seriam regularizados, o que não aconteceu. Um mês após a greve a empresa vem pagando os salários de forma parcelada e inconstante, voltando a atrasar os pagamentos.

Trabalhadores da empresa nos relataram anonimamente as dificuldades que vem encontrando pra conseguir fazer compras e até mesmo pra poder chegar ao trabalho.

Envie sua denúncia sobre o tema para o WhatsApp +55 31 9315-2140
Garantimos o anonimato




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias