×

Retorno inseguro das escolas | Um dia após declarar aumento das internações por Covid, Rio resolve reabrir escolas em 36 cidades

Apenas um dia após a declaração do Secretário de Saúde do Rio afirmando que houve um aumento de 10% das internações por Covid no estado, decidiu-se também reabrir as escolas em 36 cidades que haviam fechado após surtos da doença a duas semanas atrás. Fiocruz afirma que Estado do Rio é o centro da variante Delta no Brasil.

segunda-feira 16 de agosto | Edição do dia

Na foto o Governador do Rio Cláudio Castro(à direita) e o Prefeito do Rio, Eduardo Paes/ Imagem - Philippe Lima

O Secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou em declaração a Globo News no noite de domingo(15) que o estado do Rio de Janeiro vem passando por um aumento significativo das internações em UTIs, Unidade de Tratamento Intensivo, de 10%, com potencial para aumentar ainda mais.

Esse aumento pode vir caso o avanço da variante Delta, que tem rápido poder de alastre, se efetive no estado, o que já vem acontecendo rapidamente. A Fiocruz emitiu nota nesta semana afirmando ser o Rio o estado brasileiro onde mais se encontra difundida a variante e coloca a cidade do Rio de Janeiro como seu epicentro.

Apesar de tudo isto, esse mesmo governo resolveu reabrir as escolas em 36 cidades pelo estado, um dia após a declaração de aumento das internações. Por decreto, o Governador Cláudio Castro, reabriu só alterando os “protocolos de segurança”, que agora deverão se submeter às regras dos municípios. Também consta neste decreto o uso de máscara obrigatório e uso do álcool em gel, o que já constava no decreto anterior e que não impediu surtos de Covid em diversas escolas.

Desta forma Cláudio Castro utiliza, mais uma vez, professores, alunos e funcionários, como laboratório de propagação do vírus. O argumento de que professores e funcionários já estão vacinados não justifica a reabertura visto que boa parte deles ainda se encontra em primeira dose e a dupla vacinação não garante uma 100% eficácia, já que esta eficácia só se efetivará com o avanço geral da vacinação nas cidades. A porcentagem estabelecida internacionalmente é de 70% de vacinados com as duas doses e o que temos agora é de apenas 20% com duas doses ou com vacina de dose única no estado do Rio de Janeiro.

Leia também: Governos impõem retorno inseguro. Que as comunidades escolares decidam os rumos da educação




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias