Política

CENSURA

Truculentos e irracionais, bolsonaristas invadem programa de rádio em Pernambuco

Os momentos de tensão dentro do estúdio, que fica na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, a 180 km do Recife, foram registrados por celulares de trabalhadores da emissora de rádio. As imagens já circulam nas redes sociais.

quinta-feira 8 de abril| Edição do dia

Foto: Redes sociais/reprodução

Diante da irresponsabilidade do governo negacionista de Jair Bolsonaro, que na Saúde se expressa através da ineficiência na condução de um programa efetivo de combate à crise pandêmica e que é responsável por aproximadamente 350 mil brasileiros mortos, uma rádio de Pernambuco em um programa de rádio ao vivo na última terça-feira (6) fez críticas ao presidente. As críticas ao governo fez com que quatro apoiadores do presidente, que não gostaram da exposição dos fatos à população, invadissem a emissora de rádio com truculência, bradando ameaças aos jornalistas que estavam ali trabalhando.

E não é a primeira vez que Jair Bolsonaro, através de suas antenas, utiliza da censura no estado de Pernambuco. O programa de rádio estava fazendo comentários, que diga-se de passagem não são novidades ou sequer uma bomba jornalística, referentes à crise sanitária do novo coronavírus e apontou o governo de Bolsonaro como um dos fatores que alavancaram a disseminação da covid-19 no Brasil. No vídeo que circula na internet é possível ver um homem, que não foi identificado, sendo contido por outros profissionais. Ele chega a dizer que vai aguardar o jornalista sair da rádio para resolver, à sua maneira, o caso.

No atual governo se tornou frequente os ataques violentos do próprio chefe do Executivo à todos aqueles que baseiam suas opiniões em aspectos científicos na relação com a realidade de crise generalizada. Com essa postura ele estimula toda a sua base acrítica a reproduzir a violência usando muitas vezes o argumento infundado da liberdade de expressão.

Pode interessar: Não, a vida não era boa na ditadura. Veja esses 5 fatos para desmentir o que te contam

Devemos lutar contra qualquer restrição e censura à liberdade de expressão e pensamento, contra perseguições e medidas características de regimes autoritários que devem ser rechaçados. É preciso lutar contra leis autoritárias como a LSN - Lei de Segurança Nacional – uma herança maldita da ditadura militar.

Leia mais: Abaixo à Lei de Segurança Nacional da Ditadura usada por Bolsonaro!

E ainda: LSN: porque o resquício da ditadura ganha força no regime golpista?




Tópicos relacionados

Violência   /    Bolsonaro   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Pernambuco   /    Governo Bolsonaro   /    Censura   /    Nordeste   /    Jair Bolsonaro   /    Censura nos debates   /    Política

Comentários

Comentar