×

ABSURDO | Trabalhadores terceirizados da limpeza e manutenção da UFPE são demitidos sem razão

Quase 400 trabalhadores terceirizados da empresa Soluções Terceirizadas estão já de aviso prévio e alguns já foram mandados embora.

quarta-feira 15 de maio | Edição do dia

A terceirização é uma das principais formas de precarização do trabalho no Brasil atualmente. Apesar de cumprirem trabalhos essenciais para o funcionamento de diversos lugares, como universidades, muitas vezes esses trabalhadores recebem salários menores, são sujeitos as maiores arbitrariedades da patronal, assédios de todo o tipo e mesmo cumprindo seu trabalho com maestria, muitas vezes são demitidos sem razão alguma. E, nas universidades, tudo isso ocorre com a reitoria em complacência, sendo muitas vezes a responsável por fazer os contratos com as empresas que pagarão o menor salário e desrespeitarão as regras trabalhistas.

Com os cortes orçamentários, os trabalhadores terceirizados são o primeiro setor a ser atingido, com demissões e perda de direitos. É o que está ocorrendo hoje na UFPE. Os quase 400 trabalhadores da empresa Soluções Terceirizadas que atuam na UFPE, que fornece trabalhadores para limpeza e manutenção, estão todos de aviso prévio para serem dispensados até mês que vem, conforme segue na imagem abaixo. Além disso, segundo relatos, alguns já foram mandados embora. A desculpa oficial seria que a empresa não continuaria prestando serviços à UFPE.

O movimento ocorre em meio à greve da UFPE, onde a universidade está esvaziada, de forma que tanto a reitoria quanto a empresa tentam fazer isso nas encolhas. Frente à essa situação, é necessário que tanto o movimento estudantil, assim como o movimento paredista dos docentes e TAEs se pronunciem imediatamente contra tais demissões, dando um enorme exemplo de solidariedade de classe e lutando pela unificação das fileiras operárias.

Além disso, é necessário questionar profundamente a terceirização, um mecanismo que aprofunda a precarização do trabalho e divide os trabalhadores. Por isso, nós do MRT e do Esquerda Diário defendemos a efetivação imediata dos trabalhadores terceirizados, sem necessidade de concurso. Nesse sentido, impulsionamos um manifesto contra a precarização do trabalho e a terceirização!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias