×

Paralisação Nacional 18A | Trabalhadores em greve da MRV fazem ato no dia nacional de mobilização contra a PEC 32

Hoje (18), os trabalhadores da MRV saíram em ato no dia da mobilização nacional contra a reforma administrativa junto aos servidores públicos. Os funcionários da MRV se encontram em greve há mais de um mês, exigindo a PLR da empresa e também melhores condições de trabalho.

quarta-feira 18 de agosto | Edição do dia

Hoje os trabalhadores em greve da MRV fizeram um ato percorrendo a conhecida Avenida Amoreiras até a Glicério, no centro de Campinas. Os grevistas saíram em marcha desde o piquete nos canteiros até o centro da cidade em um ato que exige melhores condições de trabalho e a participação na PLR da empresa. A MRV já foi autuada por manter trabalho análogo à escravidão em seus canteiros, e recebemos denúncias de trabalhadores que afirmam ter passado por condições parecidas recentemente, o que aumenta ainda mais a indignação dos trabalhadores com a empresa.

A empresa, no entanto, não se mostra disposta a negociar, e ainda diz que não dará um tostão aos grevistas. Como parte de sua intransigência a MRV anunciou também um corte de salários dos trabalhadores em greve. Enquanto isso, Rubens Menin, dono da MRV, bolsonarista e apoiador de todos os ataques à classe trabalhadora, como a privatização dos correios e a reforma trabalhista, não se importa nem um pouco em usar do seu lucro para expandir seus negócios no ramo da comunicação, comprando a rádio Itatiaia e já sendo dono da CNN Brasil, tudo isso enquanto seus trabalhadores não têm nem ao menos papel higiênico no local de trabalho.

Hoje, no dia de mobilização nacional chamada pelos servidores públicos, os trabalhadores da MRV saem novamente em ato, mostrando a força de sua greve que já vem desde o dia 13 de julho. Apesar de estarem em uma greve forte, tem enfrentado também um cerco midiático, pois as principais mídias, como a EPTV, se recusam a realizar uma cobertura mínima da greve.

Nós do Esquerda Diários temos feito essa cobertura, com o objetivo de furar o cerco, apoiar os trabalhadores e expressar para a população de fato a força que possui a classe trabalhadora organizada. Colocando ideias para que a greve possa ser vitoriosa.

Confira a fala de Flávia Telles, do Esquerda Diário e professora da rede pública, direto do ato:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias