×

#LiberdadeparaGalo | Trabalhadores e estudantes se somam a campanha de fotos exigindo liberdade para Galo

O entregador Galo de Luta segue preso e teve seu habeas corpus negado pela justiça racista de Doria. Trabalhadores e estudantes do país todos se solidarizam e se somam a está campanha exigindo a sua liberdade.

segunda-feira 2 de agosto | Edição do dia

O entregador antifascista Paulo Galo, sua companheira Géssica e outros ativistas tiveram prisão provisória de 5 dias decretada pela PM e o judiciário de São Paulo, em uma investigação a respeito do incêndio na estátua do bandeirante assassino Borba Gato, no último dia 24. Géssica já foi libertada, mas Galo segue preso e teve seuhabeas corpus negado pela Justiça racista de Doria que mais uma vez busca defender o legado do período escravagista no Brasil.

Maíra Machado: "Exigimos liberdade imediata para Galo"

A página GalodeLuta iniciou uma campanha de fotos exigindo liberdade para o Galo. O Esquerda Diário se solidariza e soma nessa campanha chamando trabalhadores e estudantes a se somarem nessa luta por liberdade a Galo e que não respondam pelos os processos que o Estado racista quer impor para calar as vozes de quem luta contra a opressão e a exploração.

Veja também: Entidades e figuras públicas se manifestam pela liberdade de Galo e Géssica




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias